Filmagem Aérea

Os nossos veículos aéreos não tripulados (drones) permitem fotografar ou filmar imagens do interior e do exterior.

Play Video
Play Video
Play Video

Para que serve um Drone?

Os nossos veículos aéreos não tripulados (drones) podem dar um apoio valioso em diversas situações.

Linhas e postes de alta tensão

Os postes de linhas eléctricas de alta tensão têm em média 60 metros de altura, e estão constantemente expostos aos elementos atmosféricos, existindo a possibilidade de se danificarem por exemplo através de tempestades e gelo. Por isso, precisam de ser regularmente inspeccionados para que se garanta a segurança e a capacidade de funcionamento da rede eléctrica.

O uso dos nossos veículos aéreos não tripulados (drones) é recomendado para o trabalho de inspecção das linhas e postes de alta tensão.

Isoladores

Inspecção das ligações entre os isoladores e a estrutura do poste de alta tensão.

Para-raios

Procura de sinais de descargas de raios e inspecção das condições dos cabos de terra.

Protecção dos animais

Classificação do tipo de aves em fase de nidificação tendo em conta a necessidade de reabilitação da estrutura do poste de alta tensão.

Torres e chaminés

As inspecções a torres e chaminés industriais envolvem a utilização de plataformas extensíveis e guindastes industriais. Os nossos veículos aéreos não tripulados (drones) são uma alternativa segura para estas inspecções.

As torres requerem muitas vezes inspecções de danos nas superfícies exteriores, dependendo do material de construção utilizado. As ligações de cabos eléctricos, de antenas e outros dispositivos também necessitam de ser inspeccionados em relação a corrosão, por exemplo, ou se se mantém em bom estado de funcionamento.

Transmissores de rádio

Inspecção visual da corrosão de estruturas como, por exemplo, um transmissor direccional de rádio.

Danos na argamassa

Imagens detalhadas da superfície de uma chaminé industrial.

Saída da chaminé

Inspecção da área de saída da chaminé por causa de possível corrosão e depósitos de materiais.

Edifícios históricos e industriais

Ao longo do tempo, os edifícios estão sujeitos a erosão ou decadência das suas fundações. A consequência é o aparecimento de fendas, danificação do revestimento e da argamassa, e humidade na tijoleira. Os danos nos edifícios necessitam de ser inventariados e documentados no sentido da renovação dos mesmos.

Os nossos veículos aéreos não tripulados (drones) permitem fotografar ou filmar imagens do interior e do exterior, assim como dos tectos e dos telhados.

Superfície dos telhados

Verificação das condições do telhado com sobreposição de imagens.

Fachadas

Criação de um mosaico de imagens de uma fachada de um edifício.

Exame de uma renovação

Inspecção de uma parte renovada de um edifício no sentido de detectar a formação de fendas ou descamação.

Estruturas de pontes

A manutenção regular e preventiva das estruturas de uma ponte é indispensável para a sua segurança e longevidade. Porém, há algumas áreas da ponte de difícil acesso. Os nossos veículos aéreos não tripulados (drones) são uma boa alternativa aos métodos tradicionais de inspecção das pontes. As superfícies da estrutura da ponte são filmadas ou fotografadas com transmissão de imagens em tempo real para o piloto do drone, e as áreas danificadas são normalmente detectadas durante o voo e fotografadas em detalhe.

Descamação de betão

Verificação da dimensão dos danos no betão.

Intemperismo

Verificação preventiva de fendas, danos causados pela água e danos na argamassa.

Parte inferior das pontes

Imagens da parte inferior da ponte utilizando uma câmera que filma em ângulo de 180º a partir do veículo aéreo não tripulado (drone).

Torres eólicas

A expansão do mercado das energias renováveis conduziu a um rápido aumento dos parques eólicos. Nos últimos 10 anos, o número de parques eólicos tem aumentado de modo significativo.

Em consequência, a instalação de parques eólicos estabelece exigências a nível das pás dos rotores, na medida em a velocidade de rotação em operação pode atingir os 300Km/h, e são gravemente degradadas pela acção das chuvas. Com o passar dos anos, o aparecimento de fendas e a descamação nas pás rotoras contribuem para um desempenho mais baixo e prejudicam a segurança do parque eólico.

Os nossos veículos aéreos não tripulados (drones) podem detectar facilmente os danos à altitude de uma torre eólica.

Danos de raios

Análise da extensão dos danos causados por uma queda de um raio na pá rotora.

Deformação da pá rotora

Inspecção da pá rotora devido a danos causados pelas chuvas.

Aresta da pá rotora

Com a erosão da aresta da pá rotora, o desempenho da torre eólica fica seriamente comprometido — pelo que as pás rotoras devem ser inspeccionadas regularmente; e a forma mais económica e rápida de o fazer é utilizando os nossos veículos aéreos não tripulados (drones).

Gestão da floresta e da propriedade

A gestão da terra e da floresta, muitas vezes, tem a ver com áreas grandes e de relativa complexidade. Os veículos aéreos não tripulados (drones) são capazes de uma rápida supervisão, assim como de trabalhos de medição especiais.

A extensão dos danos causados, por exemplo, por insectos, podem ser metricamente calculados e documentados com grande precisão através do voo de um veículo aéreo não tripulado (drone) sobre a área escolhida. Uma câmera fotográfica ou de vídeo de infravermelhos é capaz de registar as anomalias nas plantas em crescimento. As imagens obtidas por esta via podem também ser utilizadas na reflorestação renaturação das áreas respectivas.

Renaturação

A documentação de uma necessidade de renaturação mede uma determinada área durante intervalos de tempo específicos — por exemplo, o cálculo de cenários de inundações utilizando modelos em 3D.

Controlo de inventário

Criação de imagens em infravermelhos para controlo de inventário e tipos de espécies vegetais.

Reflorestação

Documentação do trabalho de reflorestação.

Acidentes e catástrofes

Os nossos veículos aéreos não tripulados (drones) pode dar um apoio valioso no trabalho de resgate durante e após incêndios, acidentes ou catástrofes naturais.

O veículos aéreos não tripulados (drones), equipados com câmeras fotográficas e de imagens térmicas, são usados para fazer uma análise económica e rápida da situação. Outros sensores especiais também podem ser disponibilizados, por exemplo para medição de agentes poluidores em nuvens de fumo. Os dados das medições e as imagens são transmitidos em tempo real para o monitor de controlo dos serviços de emergência.

Reconhecimento em tempo real

Em caso de incêndio, o voo de reconhecimento é imediato e o mais rápido possível, com transmissão em tempo real das imagens para o receptor em terra.

Preservação de provas

Criação de imagens de alta resolução e geo-referenciadas para análise de acidentes.

Extensão de danos

Voo sobre uma área afectada e o subsequente cálculo fotogramétrico de mosaicos de fotografias.

Topografia

Os veículos aéreos não tripulados (drones) equipados com sensores apropriados e câmeras fotográficas, são indicados para rápidos e económicos trabalhos de topografia e agrimensura. Temos à nossa disposição sistemas fotográficos que fornecem uma definição de imagem do solo de poucos centímetros, e que podem fornecer uma qualidade muito acima dos voos pilotados e das imagens de satélite.

Os nossos veículos aéreos não tripulados (drones) seguem automaticamente um voo previamente programado por GPS, e as fotos são tiradas de tal forma que permitem a criação de um mosaico ou de ortofotos que serão posteriormente compiladas e geo-referenciadas. Modelos em 3D de alta definição (point clouds) são também facilmente calculáveis por intermédio de um trabalho estereoscópico dos dados da área sobrevoada. A precisão métrica do mosaico de fotos (ou dos point clouds) criados pelo drone está dentro de limites de poucos centímetros em todos os eixos.

O uso de câmeras de infravermelhos é particularmente útil na área da agricultura

Topografia de uma lixeira

Geo-referenciação de uma imagem vertical para se estabelecer a localização exacta de possíveis imperfeições. Utiliza uma câmera de infravermelhos.

Modelo em 3D de uma pedreira de gravilha

Cálculo anual do volume extraído e armazenado.

Inventário e controlo de uma pedreira

Um diagrama em 3D para controlo de inventário e +planeamento de extracção adicional de material.

Parques fotovoltaicos

Os nossos veículos aéreos não tripulados (drones) são adequados para a inspecção de parques fotovoltaicos. O drone, equipado com uma câmera de infravermelhos, detecta os “hot spots”, o que permite o aumento da eficiência da instalação.

Uma câmera RGB é também utilizada em paralelo com a câmera de infravermelhos, o que dá a possibilidade de uma verificação com dois espectros de luz. As imagens em RGB permitem por exemplo um cálculo fácil de quaisquer danos ou imperfeições.

Vista geral

Voo geral de um parque fotovoltaico para detecção de células defeituosas. Utiliza uma câmera térmica de tipo OPTIS PI-400.

Imagens detalhadas

Detecção de pequenos defeitos em células fotovoltaicas. Utiliza uma câmera térmica de tipo OPTIS PI-400.

Sujidade dos módulos

Imagens das filas de módulos para se estabelecer o grau de sujidade e danos nas superfícies.

Horário de funcionamento

Segunda a Sexta
9:00 - 17:00
Sábado
10:00 - 15:00
Domingo
fechado
Telefone
(+351) 96 118 60 18 / 912 330 107
Email
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

We're social

Language

Falang Database driver not enabled